quarta-feira, 30 de setembro de 2009

MÓRBIDA SEMELHANÇA











“Que vergonha, meu Deus! Que vergonha…”

José Simão, do Uol.

Socuerro! Pererecas em extinção!


E sabe a diferença entre rã e perereca? Rã é comestível, perereca é comível! Rarará!


BUEMBA! BUEMBA! Macaco Simão Urgente! O esculhambador-geral da República! Direto do País da Piada Pronta!
Minc quer preservar as pererecas! Todo mundo quer. O ministro do Meio Ambiente, Minc Leão Dourado, interrompe obra do PAC para salvar as pererecas.
Normal, no Brasil qualquer um interrompe qualquer coisa por uma perereca. É um tipo de perereca em extinção. Só espero que não seja o tipo de perereca da minha vizinha! Eu sugiro um slogan: "Preserve a natureza! Adote uma perereca!".
E sabe a diferença entre rã e perereca? Rã é comestível, perereca é comível! Rarará! E a única perereca em extinção é a da Hebe!
E Honduras? E o Zelaya? Zelaya ou Ratinho ou Professor Girafales. A gosto do freguês! O chargista Liberati disse que mudaram o nome da capital de Honduras. De Tegucigalpa pra TEGUCIGOLPE! Rarará!
E os gases tóxicos não foram lançados de fora pra dentro mas de dentro pra fora. O pum do Zelaya!
E já são duas as ameaças dos golpistas para a embaixada brasileira: 1) Ou vocês entregam o Zelaya ou a gente manda a Vanusa cantar o Hino Nacional; 2) Ou vocês entregam o Zelaya ou a gente manda o Suplicy cantando aquela música do Cat Stevens, "Father and Son". Aí o Zelaya se entrega! Rarará!
DOUTORA HAVANIR QUER SE ENROSCAR! A doutora Havanir tá procurando marido no "Manhã Maior", da RedeTV! Com aquela cara de piloto de trem-fantasma? Já imaginou na hora da transa, na hora do clímax, ela tem um ataque neurótico-político e começa a gritar MEU NOME É HAVANIR! Meu Nome é Havanir! Com aqueles olhos esbugalhados? Aí tudo o que o Viagra conseguiu vai por água abaixo. Rarará! Marido da doutora Havanir tem de ter um pré-requisito básico: ser deficiente auditivo. Rarará! É mole?
É mole, mas sobe! Ou, como disse aquele outro: é mole, mas trisca pra ver o que acontece!
Antitucanês Reloaded, a Missão.
Continuo com a minha heroica e mesopotâmica campanha "Morte ao Tucanês". Acabo de receber mais um exemplo irado de antitucanês. É que eu tenho uma foto com a placa: "Água de Coco, 100% Saúde! Hidrata e REJUVELHESCE!". Rarará! Mais direto, impossível. Viva o antitucanês! Viva o Brasil!
E atenção! Cartilha do Lula. O Orélio do Lula. Mais um verbete pro óbvio lulante. "Zelaya": companheiros zelando pelos de sua laia. O lulês é mais fácil que o ingreis. Nóis sofre, mas nóis goza. Hoje, só amanhã!
Que eu vou pingar o meu colírio alucinógeno!
E vai indo que eu não vou!

simao@uol.com.br

Folha de S. Paulo, 30 de setembro de 2009

Rato...

PAULO CARNEIRO PEDE PARA SAIR DO BAHIA

Em conversa agora há pouco com o radialista Raimundo Varela, no programa "Acorda pra vida" da Tudo FM, Zé Eduardo, o Bocão, informou que Paulo Carneiro teria pedido o afastamento do Esporte Clube Bahia ontem, após a vergonhosa derrota do tricolor para o Duque de Caxias, do Rio de Janeiro. O pedido teria sido feito por Carneiro ao presidente do Bahia, o deputado Marcelo Guimarães Filho (PMDB). Com a derrota, caiu o técnio Sérgio Guedes।

do Bahia notícias.

Sou Bahia. Sou tricolor de aço. Sou Bi-Campeão brasileiro. Mais de 40 vezes campeão baiano. Não sou nenhum torcedor de timinho sem título, que, a qualquer sinal de indundação, abandona o barco e o estádio. Não torço por time da moda. Não torço por time de outros Estados em detrimento do meu. Não sou torcedor que não fica ao lado de seu time nas horas difíceis, não. Comigo é diferente. Sou BAHIA. Em qualquer divisão, em qualquer situação. Bahia! Bahia! Bahia!

terça-feira, 29 de setembro de 2009

Enviado por Ricardo Noblat
DEU EM O GLOBO

Depois da compra de votos, movimento ataca fichas-sujas

Grupo anticorrupção leva hoje à Câmara lista com 1,3 milhão de assinaturas

A partir de um projeto de iniciativa popular, a compra de voto foi tipificada como crime e, em dez anos de existência da lei, pelo menos 667 prefeitos, vices e vereadores foram cassados pela Justiça Eleitoral.

Os números, que se baseiam em levantamento do Tribunal Superior Eleitoral, serão apresentados hoje ao Congresso Nacional pelo Movimento de Combate à Corrupção Eleitoral (MCCE), que tem agora o objetivo de sensibilizar os parlamentares para uma nova causa: a proposta de iniciativa popular que tenta barrar os chamados candidatos fichas-sujas.

De acordo com o levantamento do TSE, entre 2000 e 2009, 460 prefeitos e vice-prefeitos e 207 vereadores tiveram que responder a processo por compra de votos.

A pesquisa, feita por determinação do corregedor-geral do TSE, Félix Fischer, abrangeu 83,74% das zonas eleitorais do país (2.503 zonas de um total de 2.989). Por isso, segundo o TSE, o número final de cassados pela lei pode ser maior. Os dados não incluem cassações de governadores, deputados e senadores, que somam poucas dezenas.

A maior parte dos processos se refere às eleições de 2008. Segundo o levantamento do TSE, ao todo 230 prefeitos e vices e 119 vereadores respondem a processo por compra de votos. Foram dadas 343 sentenças de cassação de mandatos em primeira instância, 120 delas só na Região Sudeste.

No caso do projeto que barra registros de candidatos condenados, em primeira instância, por crimes graves ou contra a administração pública, serão entregues hoje, ao presidente da Câmara, Michel Temer (PMDB-SP), mais de 1,3 milhão de assinaturas de eleitores que apoiam a iniciativa. Leia mais em O Globo

Outra do Chávez

O golpista Hugo Chávezconspira mesmo contra Lula. Plantou Zelaya na embaixada, para meter o Brasil na confusão em Honduras, e agora declara apoio a Dilma Rousseff. Ela pensava ter-se livrado do câncer.



Pensando bem...

...Manuel Zelaya armou literalmente o maior barraco na embaixada em Honduras.


do site de claudio humberto.

Oficial do Exército brasileiro não vê ‘golpe’

Irmão do verdadeiro Capitão Nascimento, do filme “Tropa de Elite”, o tenente-coronel Paulo Pimentel deveria ter sido ouvido antes de o governo Lula se meter em Honduras. Trabalhava no País pelo Exército brasileiro, num acordo de cooperação, quando após a saída de Manuel Zelaya recebeu ordem para voltar. Texto atribuído a ele critica a atitude do novo governo Honduras, mas é taxativo: não houve “golpe” no País.


Está na Carta

A Constituição de Honduras, diz Paulo Pimentel, veda a reeleição e destitui e considera “traidor da pátria” governante que tente instaurá-la.



Goleada

A destituição de Zelaya, decidida pela Corte Suprema, foi referendada pelo Congresso por uma votação acachapante: 123 x 5.


Porralouca

Antes de cair, Zelaya liderou uma turba na invasão a instalações da Força Aérea hondurenha. Até seu ex-vice já estava contra ele.


do site de claudio humberto.

segunda-feira, 28 de setembro de 2009

Comentário

O bobo de Chávez

O que pode ser pior?

Acreditar que Lula foi de fato surpreendido com a chegada à embaixada do Brasil em Tegucigalpa do presidente deposto Manoel Zelaya?

Ou imaginar que a volta de Zelaya ao seu país foi uma operação do consórcio Brasil-Venezuela? Coube a Hugo Chávez despejar a carga nos jardins da embaixada. A Lula abrigá-la em segurança.

Ajeita daqui, ajeita dali, ficou assim a história oficial da mixórdia contada com pequenas diferenças por Chávez, Zelaya e porta-vozes informais de Lula.

Na manhã da última segunda-feira, Xiomara Castro, mulher de Zelaya, procurou Francisco Catunda, o encarregado de negócios da embaixada do Brasil em Honduras e única autoridade ali presente.

Por escolha pessoal, Catunda é um diplomata de terceiro escalão que está perto de se aposentar. Poderia ter sido embaixador. O poeta João Cabral de Melo Neto, por exemplo, foi embaixador em Honduras.

Catunda, porém, truncou sua própria carreira ao recusar cargos que o levariam a servir em locais distantes do Ceará, onde nasceu. É fissurado em Fortaleza.

Para genuíno espanto de Catunda, Xiomara lhe disse que Zelaya estava dentro de um carro a poucos metros da sede da embaixada.Em seguida, orientou-o a consultar seus superiores sobre o desejo de Zelaya de obter refúgio.

Catunda telefonou para Brasília, que por sua vez alcançou Lula voando para Nova Iorque. Depois do susto, Lula respondeu: tudo bem.

A se acreditar na história oficial, portanto, Chávez armou bonitinho para cima de Lula.

Com meios fornecidos por ele, Zelaya tentara antes duas vezes regressar a Honduras.

Da primeira só conseguiu sobrevoar o aeroporto de Tegucigalpa em avião cedido por Chávez. Da segunda foi barrado na fronteira com El Salvador. Fez uma graça, tomou uns tragos e foi embora.

Quem anunciou triunfante o paradeiro de Zelaya uma vez instalado na embaixada do Brasil? Chávez, ora.

De duas, uma: ou faltou coragem a Lula para dizer algo do tipo “ninguém empurra nada goela abaixo do Brasil” e negar hospedagem a Zelaya, ou ele concluiu rapidamente que seria uma boa virar um dos protagonistas da crise hondurenha.

Por que Chávez não mandou Zelaya para a embaixada da Venezuela? Porque sabe que não conta com a simpatia internacional – Lula conta de sobra.

Por que não mandou Zelaya para a embaixada dos Estados Unidos? Porque lá ele só seria acolhido na condição de asilado. E asilado tem de obedecer a regras seculares de asilo. Uma delas: manter o bico fechado.

Zelaya transformou a embaixada do Brasil na casa da mãe Juanita.

Um dia depois de sua chegada, a embaixada estava ocupada por cerca de 300 partidários dele, incluídos guarda-costas armados, uma equipe de televisão da Venezuela, outra de uma rádio local e, sim, um blogueiro norte-americano. Blogueiro é uma praga. Está por toda parte.

Lula deu ordem a Zelaya para não fazer conchavos dentro da embaixada. Brincou, não foi?

Como não pode fazer do lado de fora, e como está na embaixada justamente para fazer conchavos capazes de lhe restituir o poder, Zelaya ignorou a ordem de Lula. Passou a conceder audiências a quem o procura. E a dar dezenas de entrevistas diárias.

O dono do pedaço é Zelaya.

O Brasil emprestou sua soberania para que Zelaya tente derrubar o governo que substituiu o dele.

Se a história oficial for mentirosa, se existirem de fato manchas verdes e amarelas na operação de retorno de Zelaya a Honduras, o Brasil deu uma de país imperialista interferindo diretamente nos assuntos internos de outro país.

Mas se a operação carregou com exclusividade as cores da Venezuela, por mais que me doa à alma isso significa dizer que Chávez fez Lula de bobo (nada de inédito).

Pois ao fim e ao cabo, o resultado será o mesmo: a interferência nos assuntos internos de Honduras do Brasil candidato a uma vaga permanente no Conselho de Segurança da ONU, o país do “cara”, do pré-sal e da marolinha vencida à velocidade recorde।

do blog do Noblat.

FRASE DO DIA
Dilma será a próxima presidente do Brasil. Sei que vão me acusar de ingerência, meu coraçãozinho é quem está falando. Minha candidata é a Dilma.
Hugo Chávez, presidente da Venezuela

Cacife de cacique

Foto

No inicio dos anos 90, a esquerda tentava crescer no Acre. Dirigentes do PT e do PCdoB tentaram filiar lideranças indígenas, numa reunião na cidade de Tarauacá. Nilson Mourão, ex-deputado federal, atacou:
- Venham para o PT, que é um partido democrático e não aceita caciques!
Maior mal estar na platéia de caciques de verdade. Traído pelo vício de usar o termo “cacique” de forma pejorativa, no sentido de “caudilho”, Mourão não filiou um só índio ao PT. Enquanto isso, os comunistas cochichavam sua adoração por um cacique e filiaram todos no PCdoB.

Dona Encrenca

A ministra-candidata Dilma palpitou na política externa: “A volta de Zelaya é inegociável.” Durona célebre, deveria dizer isso lá, no grito.

Dilma na lanterna

Os cariocas não estão nem aí para os efeitos positivos do pré-sal no governo Lula। Candidata oficial a presidente, Dilma Rousseff (PT) perde para todo mundo, incluindo Marina Silva (PV) e Heloisa Helena (PSOL).

do site de claudio humberto.

Perguntar não anistia

Quem será o próximo “anistiado político” no Brasil a ganhar uma fortuna de indenização? Battisti, o terrorista, ou Zelaya, o corrupto?


do site de claudio humberto.

sábado, 26 de setembro de 2009

Diretor de arte da Fischer+Fala! comanda curso na ESPM

Pedro Pletitsch está no comando da segunda edição do “Crie melhor e mais rápido. Os segredos da Criação que nunca contaram para você”

A ESPM de São Paulo vai promover a segunda edição do curso “Crie melhor e mais rápido. Os segredos da Criação que nunca contaram para você”. As aulas, comandadas por Pedro Pletitsch (diretor de arte da Fischer+Fala!), acontecem nos 17, 24 e 31 de outubro.

O evento integra o programa do Centro de Inovação e Criatividade da ESPM dirigido a estudantes e jovens profissionais. Pletitsch pretende mostrar de forma simples e didática as maneiras de potencializar o trabalho criativo, fruto da experiência acumulada em mais de 20 anos em grandes agências no Brasil e na Europa, entre as quais Y&R, Loducca e McCann Erickson de Londres e Madri.

"A procura pelo primeiro curso foi grande e por isso resolvemos fazer uma segunda edição। A área de criação é sempre umas das mais requisitadas e muitas vezes carente de conteúdo prático. Esse curso oferece justamente isso: informações e exercícios práticos que facilitam muito a forma de os alunos resolverem seus trabalhos", diz Thiago Penteado, coordenador dos Cursos de Criatividade do CIC ESPM – Centro de Inovação e Criatividade.

do Propaganda e Marketing.

PROMOÇÃO: CONCORRA A LIVROS DA ÁREA JURÍDICA

Em decorrência do grande número de inscrições na promoção da Coluna Justiça, em que os leitores participantes concorreram a diversos títulos da área jurídica, uma nova oportunidade está aberta. A partir de agora uma nova promoção está no ar, em parceria com a Editora JusPodivm, onde outros tantos livros serão sorteados. Não perca tempo e participe na seção Promoções da Coluna Justiça! do Bahia Notícias.

José Simão, do Uol.

Leve uma quentinha para o Zelaya!


Vamos lançar a campanha democrática latino-americana. E abaixo os golpistas!


BUEMBA! BUEMBA! Macaco Simão Urgente! O esculhambador-geral da República! Direto do País da Piada Pronta! Eu ainda estou com o fuso horário do Egito. E qual é o fuso horário do Egito? Cinco mil anos! Rarará! E esse é o Ano do Bigode no Brasil. No horóscopo chinês não tem o ano do rato, o ano do dragão? No Brasil é o ANO DO BIGODE: Sarney, Mercadante, Belchior e Zelaya.
O Zelaya é o Ratinho! O Zelaya devia ser reempossado como presidente da Festa do Peão de Boiadeiro! Diz que o Zelaya devia ter se refugiado na casa do chapéu! Rarará! E o chargista Dalcio revela o que o Lula disse no jantar da ONU: "Ban Ki-moon, posso fazer uma quentinha pro Zelaya?".
Vamos lançar a campanha democrática latino-americana: LEVE UMA QUENTINHA PRO ZELAYA! Rarará! E abaixo os golpistas! E sabe o que a dona Marisa (a nossa Hello Kitty) falou pro Lula sobre o caso Zelaya? "Mais um fio de bigode na sua camisa?!" Rarará! E agora o Lula tá no G20. G8 é pra rico. Ricos só são oito! G20 é pra pobre.
Pobre que gosta de andar em penca! Terceiro Mundo! O G20 parece o terminal da TAM em Paris, só terceiro mundo. Rarará! No G8 servem canapé, e no G20, coxinha! E o G20 tá sendo chamado de GEME 20. Todo mundo gemendo: estou sem dinheiro, estou sem dinheiro!
E o governo golpista de Honduras exige que o Brasil defina o status do Zelaya. Só sei de quatro status: on-line, off-line, ausente e volto logo! O KASSAB ANDOU DE ÔNIBUS! Qual dos dois é o pior? Rarará! O Kaxab dentro de um ônibus é um ET! E diz que ele perguntou pra um passageiro: "O que o senhor faria pra melhorar o transporte em São Paulo?". "Faria o ônibus sumir com o senhor dentro!" Rarará! "Transformava o seu Ford blindado num ônibus caindo aos pedaços".
Dia Mundial sem Carro. Esta semana teve até Dia Mundial sem Carro. Aí, roubaram o carro do meu vizinho justo no Dia Mundial sem Carro. Virou Dia Mundial sem o Meu Carro! O ladrão devia ser ecológico. Bicicleteiro! Bicicleteiro até transa com a bicicleta. Transar com bicicleta é PEDALFILIA! E a gente devia estender essa ideia: Dia Mundial sem o Lula. Dia Mundial sem o Galvão Urubueno.
Dia Mundial sem a Sonia Abrão! Rarará! É mole? É mole, mas sobe! Ou, como disse aquele outro: "É mole, mas trisca pra ver o que acontece!". E atenção! O Orélio do Lula! Cartilha do Lula. Mais um verbete pro óbvio lulante. Sabe qual foi o discurso do Lula na OEA? Ele subiu e disse: "OEAIU!" O lulês é mais fácil que o ingrêis. Nóis sofre, mas nóis goza.
Hoje só amanhã. Que eu vou pingar o meu colírio alucinógeno!

simao@uol.com.br


Folha de S. Paulo, 26 de setembro de 2009

Top-Top da mentira

O aspone Marco Aurélio Garcia chama de “mentiroso” o governo de Honduras, mas atropela a verdade tratando Manuel Zelaya de “presidente constitucional”। Zelaya tentou alterar a Constituição para se reeleger, e isso, lá, é punido com perda de mandato. Que golpe?


do site de claudio humberto

Lula fala grosso, mas o Brasil não é ameaça

Apesar das advertências do presidente Lula, se a nossa embaixada em Honduras for mesmo invadida por tropas locais, num ato de guerra, o Brasil só chegaria a Tegucigalpa em algumas semanas, mesmo assim em embarcações de poderio bélico modesto, segundo especialistas em defesa. E correria o risco de perder a batalha. Nosso único porta-aviões, “São Paulo”, adquirido em segunda mão, está fora de combate.


Sem aviões

O porta-aviões “São Paulo” não tem aviões: dos 14, dois voam à meia boca e doze estão no chão. Não há verbas para peças de reposição.


Como faz gente grande

Ao ameaçar outros países, os EUA mandam porta-aviões, caças, helicópteros de resgate etc e tropas motivadas, com salários decentes.


Sem proteção

A embaixada do Brasil em Honduras tem só um vigia desarmado. A dos EUA em Brasília, que nem mesmo é ameaçada, tem 62 marines.

Mea culpa

Iniciada a crise com Honduras, Lula fez mea culpa num papo reservado em Nova York: “Foi um erro não investir antes nas Forças Armadas...”

do site de claudio humberto.
Enviado por Ricardo Noblat

Charge - Amarildo

SECULT-BA ALERTA QUANTO A FALSOS REPRESENTANTES


A Secretaria de Cultura do Estado da Bahia (Secult) alerta prefeitos e gestores de cultura para a ação de pessoas que estão se passando por representantes do orgão e da Companhia de Engenharia Rural da Bahia (CAR). Os falsos representantes oferecem serviços de consultoria na organização de conferências municipais de cultura, em troca de pagamentos exorbitantes por materiais e serviços que são gratuitos para as prefeituras. A Secult lembra que apenas representantes territoriais da cultura são autorizados a falar em nome da secretaria. A lista destes representantes está disponível na internet.

sexta-feira, 25 de setembro de 2009

* Falamos aqui que a gripe suína poderia atrapalhar o Carnaval da Bahia. Pois bem, já é manchete em todo o Brasil de que há uma ação civil pública tentando adiar o evento. Coisa que esperamos que não aconteça, pois gera muita renda.

* Por falar em Carnaval, a briga pela comercialização dos patrocínios está ficando feia entre a Central do Carnaval, que se juntou a SLA e a Agogô Promoções de Fred Boat contra a Caco de Telha e OCP. Correndo por fora temos aIdéia 3, que já é a agência da Prefeitura.

* Agora, vejam vocês: alguém em sã consciência realmente acha que Jesus Sangalo e Quinho Nery irão vender primeiro o carnaval para, só assim depois, vender patrocínio para seus blocos e camarotes? Como diz o ditado: "farinha pouca, meu pirão primeiro", pois com certeza é assim que vai acontecer.

* Aliás, comenta-se que três fantasmas do passado rondam esta licitação: Misael Tavares, Maurício Magalhães e Barretinho.


da coluna Holofote, do Bahia Notícias.

PMDB recepciona Meirelles como alternativa a Dilma

Conforme noticiado aqui, o presidente do Banco Central decidiu filiar-se ao PMDB.

No oficial, a direção do partido vende Meirelles como um candidato restrito a Goiás.

Em março de 2010, ele optaria pelo governo do Estado ou pela cadeira no Senado.

No paralelo, Meirelles entra no PMDB como alternativa presidencial da legenda.

Uma espécie de ‘Plano B’, a ser acionado na hipótese de Dilma Rousseff naufragar.

Vão abaixo informações recolhidas pelo repórter na noite passada:

1. Há pouco mais de um mês, o grão-pemedebê Michel Temer reuniu-se reservadamente com um grupo de empresários, em São Paulo.

2. Recolheu dos interlocutores a impressão de que Dilma, a despeito de Lula, não decolaria como candidata.

3. Os empresários teceram loas a Henrique Meirelles. Instigaram Temer a cogitar o nome do presidente do BC como opção presidencial do PMDB.

4. Em diálogos telefônicos e conversar pessoais, Temer pôs-se a consultar lideranças que compõem a ala do PMDB vinculada ao governo Lula.

5. Temer disse ao seu pessoal que convidaria Meirelles para um almoço. Iria sondá-lo sobre a disposição de entrar no PMDB e, eventualmente, concorrer ao Planalto.

6. Depois disso, Temer encontrou-se com Lula. Não mencionou Meirelles. Trataram da resolução das desavenças que envenenam as relações de PT e PMDB nos Estados.

7. Lula comprometeu-se a intervir nas arengas estaduais. Por ora, não interveio. As feridas continuaram abertas.

8. Temer reuniu-se em Brasília com os expontes de seu grupo. Decidiram que era hora de o PMDB levar à mesa as suas fichas.

9. Passaram a cobrar de Lula e do PT a definição da chapa: Dilma na cabeça; Temer na vice. Uma forma de manter unida a tropa nos Estados.

10. Orestes Quércia, que frequenta o pano verde como patrono do tucano José Serra, questionou a pressa.

11. Sentindo o cheiro de queimado, Dilma reuniu-secom Temer. Combinaram de celebrar, até o final de outubro, um pré-acordo.

12. Súbito, num instante em que Dilma dobra os joelhos nas pesquisas, Temer foi à mesa de almoço com Henrique Meirelles.

13. Deu-se nesta quinta (24). Acertaram-se os detalhes da filiação de Meirelles ao PMDB. Coisa a ser oficializada até a próxima terça (29).

14. Pela lei, os candidatos precisam providenciar a filiação partidária até um ano antes da eleição. O prazo expira na sexta, dia 2 de outubro.

15. E quanto ao cargo que irá disputar? Bem, essa decisão só precisa ser tomada no final de março, quando Meirelles terá de deixar a presidência do BC.

16. Até lá, Meirelles pode desfilar no noticiário como candidato a governador, a senador, a vice-presidente ou até como postulante à cadeira de Lula.

17. Ouça-se o que disse ao repórter, na noite passada, um dos mais expressivos integrantes do grupo de Temer:

“O que nos assusta no caso de Dilma é o seguinte: imaginávamos que, desfilando com Lula, era viraria um foguete...”

“...Ela é apresentada como candidata há mais de um ano. Virou mãe do PAC e tudo mais. E não decola...

“Quando isso acontece, todo mundo passa a questionar a capacidade do presidente Lula de transferir votos para sua ministra”.

18. Ouça-se um pouco mais do que foi dito: “Até aqui, embora muitos no partido defendessem a candidatura própria, estávamos travados pela falta de nome...”

“...Com o Meirelles, superamos essa fase. Ele representa, mais até do que a Dilma, o sucesso econômico do governo Lula...”

“...Meirelles será nosso candidato à presidência? O tempo dirá. De antemão, digo que, se isso vier a ocorrer, ninguém vai poder nos chamar de traidores...”

“...O Ciro [Gomes] se apresenta como candidato da base do governo. A Marina [Silva] é candidata de um partido que também integra a base. Por que não o PMDB?”

19. Na quarta-feira (30) da semana que vem, Temer vai integrar a comitiva de Lula na viagem a Copenhaque, na Dinamarca.

Vão assistir à cerimônia de escolha da cidade-sede das Olimpíadas de 2016. A capital carioca figura entre as candidatas.

Uma oportunidade para que Temer esmiúce com Lula o pré-acordo já alinhavado com Dilma. Na volta ao Brasil, o trato desceria ao papel.

20. A Meirelles, que também foi convidado a integrar a caravana de Copenhaque, fica reservado o papel de sombra de Dilma.

O presidente do BC acalenta o sonho presidencial desde 2002. Naquele ano, tentara convencer o PMDB a fazê-lo candidato.

Mas o partido já se havia acertado com a candidatura tucana de José Serra. Meirelles, então, ingressou no PSDB e elegeu-se deputado.

Antes de tomar posse, renunciou ao mandato desfiliou-se do partido. Virou presidente do BC de Lula, que surrara Serra e a vice dele, a pemedebê Rita Camata.

Agora, o deslizamento momentâneo de Dilma faz renascer o velho sonho. É de perguntar: o que pensa Lula acerca da opção Meirelles?

À cúpula do PP, partido com o qual negociava a filiação havia meses, Meirelles disse ter optado pelo PMDB seguindo aconselhamento do próprio Lula.

Escrito por Josias de Souza às 05h42

do blog do Josias


Socuerro! O Zelaya é o Ratinho!


Acho que ele fica gritando pros golpistas da janela da embaixada: "Aqui tem café no bule!"


BUEMBA! BUEMBA! Macaco Simão Urgente! O esculhambador-geral da República!
Voltei! Voltei do Egito e da Jordânia! Voltei. MUMIFICADO! E sabe quem mandou um abração pra todos vocês? TUTANCÂMON!
Rarará! Cansei das múmias egípcias. Tô com saudades das múmias brasileiras. A Hebe e o Nelson Rubens tão por aí?
Honduras invadiu o Brasil e o Kassab andou de ônibus? Vocês não querem que eu volte! E não é o Zelaya que tá refugiado na embaixada brasileira. É o Ratinho! O Zelaya é a cara do Ratinho! Eu acho que ele fica gritando pros golpistas da janela da embaixada: "Aqui tem café no bule!".
Rarará! E aquele chapelão? Diz que ele vai até pro programa do Raul Gil: "Pra quem você tira o chapéu?".
E já tem senha pra usar o banheiro da embaixada! E o site Éramos Seis revela uma nova ameaça: se vocês não devolverem o Zelaya vamos tocar o hino cantando pela Vanusa. No máximo! Rarará! E mandar o Piquet pra dirigir o trânsito! Rarará! E diz que o Zelaya foi deposto porque feriu a Constituição: queria aprovar emenda da reeleição! Ou seja, se o Fernando Henrique fosse presidente de Honduras, já estaria deposto, refugiado na embaixada brasileira!
Adorei o Egito e a Jordânia! E esse é o passaporte brasileiro: RONALDO! Se você diz que é do Brasil eles começam a gritar "Ronaldo! Ronaldo!". De onde você é? Brasil. "Ronaldo! Ronaldo!". E um condutor de camelo ficava me gritando "Raul!
Raul!". Eu pensava que ele tava falando árabe com o camelo: "Rahul, rahul!". Que nada. Raul é o brasileiro que joga na Espanha! Rarará!
E as quatro palavras que eu mais ouvi no Egito: Mohamed, Ahmed, Embraer e Petrobras! Todos os aviões são da Embraer. E a Petrobras só investindo, extraindo! Pirâmides e múmias. Como disse aquela milionária paulistana: "Tijolo e defunto". É mole? É mole, mas sobe! Ou, como disse aquele outro: é mole, mas trisca pra ver o que acontece!
Antitucanês Reloaded, a Missão.
Continuo com a minha heroica e mesopotâmica campanha "Morte ao Tucanês". Acabo de receber mais um exemplo irado de antitucanês. É que eu recebi uma foto de um bar chamado BAR DO BROCHA! Rarará! Mais direto, impossível. Viva o antitucanês. Viva o Brasil!
E atenção! Cartilha do Lula. O Orélio do Lula. Mais um verbete pro óbvio lulante. Hoje não tem. Que eu ainda tô pegando no tranco! O lulês é mais fácil que o ingrêis. Nóis sofre, mas nóis goza. Hoje, só amanhã.
Que eu vou pingar o meu colírio alucinógeno!

simao@uol.com.br

Folha de S. Paulo, 25 de setembro de 2009

DEU EM O GLOBO

Do Senado para a campanha

Cúpula da Casa ganha funcionários extras, pagos com verba pública, para escritórios nos estados

De Adriana Vasconcelos:

A Mesa Diretora do Senado decidiu ontem legislar em causa própria e autorizou seus 11 integrantes e também os 14 líderes da Casa a designar três funcionários comissionados para seus respectivos escritórios políticos nos estados.

Serão dois assessores técnicos, cada um com salário de R$ 9.900, e um secretário legislativo, com vencimento de R$ 7.600. Pelas regras em vigor na Casa, esses cargos ainda podem ser subdivididos.

Todos os 81 senadores já podem ter em seus escritórios políticos servidores comissionados (não concursados), sem limites, pagos pelo Senado.

Os 75 funcionários para os escritórios políticos, um reforço para os senadores às vésperas do ano eleitoral, custam, na folha de pagamento do Senado, cerca de R$ 8,2 milhões por ano.

O presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), e o 1 secretário, Heráclito Fortes (DEM-PI), justificaram a iniciativa alegando que a Mesa Diretora apenas teria atendido a uma solicitação dos líderes partidários.

- Acontece é que a Mesa tinha proibido que, nos escritórios regionais, fossem utilizados funcionários das lideranças. Mas recebemos um abaixo-assinado de todos os líderes da Casa pedindo que fosse aberta uma exceção de três cargos, para que eles pudessem utilizar esses funcionários nos seus gabinetes, nos seus estados. E a Mesa aprovou esse pedido — explicou Sarney, no plenário.

- Os líderes alegam que têm necessidade. Não gera despesa. Não há nada errado. Não tem nenhuma aberração. A Mesa achou por bem atender a essa reivindicação, que é de todos os líderes — defendeu Heráclito.

A informação, no entanto, foi imediatamente contestada pelo líder do DEM, senador José Agripino (RN).

- Não fui consultado sobre esse fato e não concordo. Na liderança do Democratas não há nenhum funcionário lotado no meu estado, e acho desinteressante. As lideranças partidárias funcionam em Brasília. Eu não assinei esse documento, eu não me lembro de me terem sido sugeridos, mas são casos para serem apreciados e definidos — afirmou Agripino. Leia mais em O Globo

FRASE DO DIA
Vocês vão ter que acreditar num golpista ou em mim.
Lula, negando insinuações de Roberto Micheletti, presidente de facto de Honduras, sobre o envolvimento do Brasil no retorno de Manoel Zelaya ao seu país
Fotografia é história
Descontraindo a sisudez
Foto

Sabrina Sato, apresentadora do programa Pânico na Tevê, descobriu uma maneira descontraída de entrevistar os personagens que gravitam o mundo da política.
Como foiA cobertura do Congresso proporciona a cada dia uma surpresa. Nas últimas semanas, Sabrina praticamente não arreda pé do Túnel do Tempo, passagem obrigatória dos senadores que vão e vêm do Plenário às Comissões. Ela usa de todo seu talento para, com bom-humor, conversar os parlamentares. Até hoje nenhum deles deixou de atendê-la. Na quarta-feira passada, o senador paraense Mário Couto por um instante trocou o discurso da tribuna para um bate-papo com a japonesinha risonha. Para surpresa de todos, mandou ver diante das câmaras uma de suas canções prediletas: “Torturas de Amor”, um dos sucessos do cantor baiano Waldick Soriano, falecido no ano passado. Orlando Brito.

do site de claudio humberto.

Elementar, meu caro

Ao revelar que sabia da volta de Zelaya a Honduras, o linguarudo Hugo Chávez deixa claro que participou do plano que jogou o problema no colo do Brasil. Se Lula não reagir a isso é porque também sabia.


do site de claudio humberto.

Pé-frio voador

O deputado José Carlos Aleluia (DEM-BA) matou a charada do acidente com dois caças Rafale ontem, no Mediterrâneo: “Bastou o Lula colocar o olhos nos Rafale e eles mergulharam no mar.”


do site de claudio humberto.

Alô Alô: Baiano é uma das 100 personalidades mais influentes do agronegócio

O empresário e publicitário baiano Marco Lessa foi eleito, pela segunda vez, uma das 100 personalidades mais influentes do agronegócio no Br...