segunda-feira, 29 de agosto de 2011

Rodovias recebem só 42,6% dos R$ 68 bi da Cide

A Contribuição de Intervenção no Domínio Econômico (Cide), cobrada sobre o litro dos combustíveis, rendeu de 2002 até julho deste ano R$ 68 bilhões, segundo a Confederação Nacional dos Transportes. Mas do total só R$ 29 bilhões (ou 42,6%) foram investidos em rodovias, por meio do Fundo Nacional de Infra-Estrutura de Transportes (Fnit). O resto foi parar no superávit primário para bancar o cabidão oficial.

Freio de mão

A CNT levantou dados dos Brics: a China investe anualmente 10% do seu PIB em rodovias. A Rússia, 7%, a Índia, 8%. O Brasil? Só 0,42%.

do site de claudio humberto.

Macaco Simão, do UOL

Buemba! Micareta na Líbia!



E eu tenho a foto de um rebelde que é a cara do Bell Marques. Acho quevai ter show do Chiclete!


Buemba! Buemba! Macaco Simão Urgente! O esculhambador-geral da República! E olha esta placa numa lanchonete: "COMA À VONTADE. Homens R$ 9. Mulheres R$ 8". Comer mulher tá mais barato! Rarará! E o suco é grátis!
E o Google Portugal demitiu 80% dos funcionários. A empresa alega que eles passavam o dia inteiro na internet. Rarará! E o filho do Neymar? O Gansinho! O filho do Neymar, quando nasceu, não chorou, pediu falta. E diz que o filho do Neymar caiu do berço e pediu pênalti.
E sabe o apelido de mulher que tem filho com jogador? RASPADINHA PREMIADA! E mais piada pronta da Líbia: "Hotel Corinthia é palco de tiroteio!". Normal! Rarará! Ontem foi esta: "Jornalistas libertados foram transferidos pro Hotel Corinthia". Então continuaram presos. Itaquerão colchonete cinco estrelas.
E eu tenho a foto de um rebelde que é a cara do Bell Marques. Acho que vai ter show do Chiclete.
Micareta na Líbia! E amanhã tem micareta em Cuparaque, Minas: CUPARAFOLIA! E os rebeldes invadindo a mansão do Kagadafi? Parece um bordel de luxo, o Bahamas! Então não é Trípoli, é TRÉPOLI! Trepo-lhe! O Kaidafi vivia em Trepo-lhe! Rarará! Pior, ele escondia álbum da Condoleezza Rice. Ele nunca viu a "Playboy" da Cleo Pires ou da Mulher-Melancia? Rarará! E eu não quero o Kagadafi nem vivo nem morto, eu só quero ficar com aqueles caftans exóticos e aquele banco dourado em forma de sereia com a cara da filha do ditador! Ditadura kitsch!
E esta: "Steve Jobs deixa comando da Apple". E o Piauí Herald: "PMDB quer a vaga do Steve Jobs". Rarará!
E olha o que um cara escreveu no meu Twitter: "Ministério da Saúde adverte: logo mais ficaremos sem ministro também". Rarará! E adorei a charge do Cícero: "Dilma, para com a faxina, estamos ficando sem políticos". Rarará! É isso: a Dilma parou com a faxina, senão iríamos ficar sem políticos no Brasil. É mole? É mole, mas sobe!
Momentos Cachorros! Eu tenho uma amiga que tava tão barriguda, mas tão barriguda, que fez uma lipodesesperação. Toucinho-aspiração. E um amigo meu foi pro motel, tirou a cueca e disse pra mulher: "É pequeno, mas é de coração". Rarará! E agora no Brasil só tem dois tipos de piadas. Aquela que termina com o Sarney. E aquela que começa com o Sarney. UFA! Nóis sofre, mas nóis goza!
Que eu vou pingar o meu colírio alucinógeno!

simao@uol.com.br

@jose_simao


Folha de S. Paulo, 27 de agosto de 2011

segunda-feira, 22 de agosto de 2011

Agências digitais crescem 55%

Abradi aponta que número de empresas saltou de 2.518 para 2.787; somado, faturamento foi de R$ 1,5 bilhão em 2010

Com o objetivo de apresentar um panorama da comunicação digital no Brasil, a Abradi (Associação Brasileira das Agências Digitais) divulgou os resultados consolidados da terceira edição do Censo das Agências Digitais Brasileiras. O estudo contou com a participação de cerca de 400 agências, o que representa 15% das atuantes no Brasil.

Entre os principais dados apontados pelo levantamento destacam-se o crescimento no número de agências digitais, que saltou de 2.518 para 2.787 – um aumento de 10% em relação a 2010. Esse valor percentual permaneceu constante nos últimos três anos. Em 2009, o número de agências era de 2.275 e, em 2010, 2.518.

Quanto ao faturamento, as agências pesquisadas somaram R$ 1,510 bilhão, sem considerar os investimentos em mídia, ou seja, 55% mais que em 2010, quando foram registrados R$ 970 milhões. Em 2009, o faturamento foi de R$ 760 milhões. Segundo Cesar Paz, presidente da Abradi, todos os números mostram um salto muito acima de qualquer índice de crescimento econômico, o que revela o potencial desse mercado, que vem se consolidando ano a ano.

Outro dado destacado pelo estudo foram os serviços mais executados pelas agências digitais, avaliados com notas de 1 a 10, conforme sua relevância dentro do negócio. De acordo com o censo, a criação de websites continua sendo a principal atividade das empresas, seguido pelo crescimento significativo dos projetos focados em redes sociais e campanhas publicitárias.

Paz ressalta que, ano passado, as redes sociais, por exemplo, apareciam em quinto lugar neste ranking. Já a intranet caiu de importância dentro das agências. O executivo pondera que as empresas vêm se adequando a uma nova realidade e mostrando o amadurecimento do setor.

A pesquisa também apontou um aumento no número de empregos diretos gerados pelas agências digitais. Ao todo, o setor emprega 25.500 mil pessoas, tendo aumentado esse número em 9,81% em relação a 2010. De acordo com o executivo, “os resultados registrados apontaram que o mercado de comunicação digital brasileiro responde por cerca de R$ 5 bilhões, levando em conta os dados divulgados pelo IAB Brasil, que correspondem aos investimentos em display mídia e search marketing”. Ele diz que, com essa informação, já é possível dizer que o mercado digital caracteriza um novo setor dentro da economia.

A Abradi foi fundada em março de 2009, reunindo todas as associações regionais que agregam as agências de comunicação digital do Brasil. O objetivo da entidade é discutir novas práticas, fomentar o segmento e qualificar profissionais.

do propaganda e marketing

VICE PROMETE APRONTAR QUANDO CAETANO VIAJAR

No cumprimento da Constituição, o prefeito de Camaçari Luiz Caetano (PT) terá que ceder a cadeira a sua inimiga política, a vice-mandatária Tereza Gifoni, da tarde desta segunda-feira (22) até o dia 2 de setembro. Por conta de uma viagem ao exterior, o petista verá de longe a sua rival que já prometeu “dar muita dor de cabeça” ao alcaide. “Vou solicitar providências ao TCM [Tribunal de Contas dos Municípios] para identificar e punir as irregularidades que são cometidas pelo prefeito e quero visitar todos os postos de saúde e escolas para saber por que algumas unidades estão fechadas”, declarou Doutora Tereza (como é conhecida). A “estranha no ninho” também afirmou que irá se reunir com os secretários municipais para explicações sobre a “péssima qualidade” dos serviços públicos. “Vou ficar pouco tempo como prefeita, mas enquanto estiver sentada na cadeira o povo de Camaçari será respeitado e terá uma prefeita que presta contas à população”, declarou.

do Bahia Notícias

Macaco Simão, do UOL

ba! Um Brasil sem normas!



E tamo livre do Casal Pastel: Pedro e Marina. O casal que dá chulé em pé de mesa. Dá tédio em natureza morta!


Buemba! Buemba! Macaco Simão Urgente! O esculhambador-geral da República! E a faixa numa loja na Vila Leopoldina: "Assim como os ministros, nossos preços também caíram". UFA! Insensato Novelão! ACAAABÔ! A novela terminou como o Brasil: sem Norma nenhuma. Oba! Continuamos sem normas!
E sabe o que o cara da banca me disse ontem? "Quem matou a Norma eu não sei, mas a daqui do prédio eu tô louco pra matar." Rarará!
E eu já disse que quem matou a Norma gramatical foi o Lula. Então ele é um serial killer! Rarará! E o site QMerda revela que o vilão Leo vai se filiar ao PMDB e descobrir que é filho do Michel Temer, a Natalie vai engravidar do Neymar e a Marina vai pra Disney e se apaixona pelo Pateta. Rarará!
E mataram tanta gente nessa novela que devia se chamar "Insensato Chacinão". Não foi uma novela, foi uma chacina. Mataram mais gente que o Gaddafi na Líbia! Esgotaram o estoque de ketchup! Insensato Ketchup!
Fizeram uma festa pra despedida do elenco e os mortos voltaram. E tamo livre daquele Casal Pastel: Pedro e Marina. O casal que dá chulé em pé de mesa. Dá tédio em natureza morta! E um amigo meu disse: "Eu pegava a Marina". E eu pegava o saco do Pedro e apertava até ele esboçar alguma reação. Cigano Igor 2!
Ele estudou na Escola Cigano Igor de Interpretação!
E a Natalie Perigueti vira ministra da Dilma. É isso que tá faltando no Periquitério da Dilma: uma perigueti. E o Cortez vai virar ministro do Turismo! Rarará!
E adorei mesmo a Bibi! A ninfo maluca! Slogan da ninfo Bibi: "Feliz sempre, satisfeita nunca!". Rarará! E sabe por que eu adorei essa ninfo Bibi? Porque ela é ninfo sem culpa! E esta da Globo News: "Hosni Mubarak é o primeiro presidente do Egito a sentar no banco dos réus". E na foto ele tá deitado numa maca!
E adorei a charge do Pater com a Dilma e a secretária: "Qual a agenda de hoje?". "Primeiro teremos reunião com o PR, que estará devolvendo os cargos no governo, e depois teremos reunião com o PMDB querendo os cargos do PR". Rarará!
E o chargista Frank está lançando o xampu antiqueda de ministro! Rarará! E depois desse Insensato Novelão vou ter que fazer um rehab na UTI DO PASTEL. É assim que estou me sentindo: um pastel. Rarará!
Nóis sofre, mas nóis goza!
Que eu vou pingar o meu colírio alucinógeno!

simao@uol.com.br

@ jose_simao


Folha de S. Paulo, 20 de agosto de 2011

MORRE O JORNALISTA OTTONI SILVA
















O jornalismo baiano perdeu nesta segunda-feira, 22, um de seus principais ícones com a morte de Ottoni Silva, de 95 anos. O jornalista faleceu há pouco no Hospital Calixto Midlej Filho, em Itabuna. De acordo com familiares, Ottoni estava há meses internado no Calixto. A falência múltipla dos órgãos foi apontada como causa da morte. O sepultamento ocorrerá amanhã.

Ottoni nasceu em Ilhéus, mas adotou Itabuna como sua terra e aqui fez história participando da fundação da Rádio Clube de Itabuna (hoje Nacional) e o Diário de Itabuna. Jornalista desde os 15 anos de idade, foi gráfico, repórter e diretor d´O Intransigente, na década de 30, colaborou para vários veículos.

Dentre as últimas homenagens em vida, Ottoni deu nome à sala de imprensa da Secretaria de Assuntos Governamentais e Comunicação Social da prefeitura de Itabuna, numa homenagem do também jornalista Walmir Rosário. E uma das ruas do bairro Pontalzinho foi batizada Ottoni Silva, há quatro anos.

DO Pimenta na Muqueca

ÂNGELA COMEMORA ANÚNCIO DA DUPLICAÇÃO DA ILHÉUS-ITABUNA


Após participar de audiência com o ministro dos Transportes, o baiano Paulo Sérgio Passos, a deputada estadual Ângela Sousa comemorou o anúncio de que, até novembro, estará finalizado o projeto de duplicação da rodovia Ilhéus-Itabuna. Ângela, que preside a Comissão de Infraestrutura, Desenvolvimento Econômico e Turismo da Assembleia Legislativa, afirmou que o investimento nesse trecho da BR-415 tem “relevância significativa para o sul da Bahia, em função do grande volume de tráfego na Ilhéus-Itabuna, que há muito tempo já fazia necessária a duplicação”.
A deputada lembrou que, em seu primeiro mandato, apresentou a indicação de número 15.295, apontando a urgência das obras na rodovia. “Juntamente com a Fiol e o Porto Sul, essa obra mudará a realidade da região cacaueira”, aposta Ângela Sousa.
Na audiência com o ministro, a deputada estava em companhia do vice-governador do Estado, Otto Alencar, e dos senadores Lídice da Mata e Walter Pinheiro, dos deputados federais Nelson Pellegrino e José Carlos Araújo, além dos deputados estaduais Cláudia Oliveira, Ivana Bastos e Gildásio Penedo.
Passos informou ao grupo que os técnicos do Ministério dos Transportes encerram neste mês de agosto os estudos de viabilidade técnica e impacto ambiental da duplicação da Ilhéus – Itabuna, que prevê uma pista na margem direita do Rio Cachoeira. O ministro salientou que há interesse no governo em dar celeridade à execução do projeto.

do politicosdosuldabahia.com

terça-feira, 9 de agosto de 2011

Coluna A Tarde: Dilma enfrenta dois desafios

A presidente Dilma Rousseff está entre a cruz e a caldeirinha. Iniciou um movimento de limpeza do seu governo e ganhou pontos em popularidade por decidir enfrentar a corrupção. Seguramente, não imaginava que os desvios atingissem, em cheio e rapidamente, o seu principal aliado, o PMDB, que controla o Ministério da Agricultura. Para ela é um desafio: um novo escândalo bate às portas do ministro Wagner Rossi e a presidente terá que tomar uma posição. Ou dá sequência à sua faxina, ou faz malabarismo para não ter que enfrentar o seu poderoso aliado.


O Palácio do Planalto abriu um contencioso com o PR, ao determinar demissões em massa no Ministério dos Transportes. A sua base aliada, ciente que a corrupção passeia de mãos dadas com ela, assumiu uma posição de defesa. Fará de tudo para impedir que Dilma aja de igual modo e ela teme (o temor é espraiado também por Lula) que o troco aconteça no Congresso Nacional, na votação de matérias importantes. A presidente está conquistando a opinião pública, mas sabe que a base de apoio político é determinante.


Ainda esta semana, o ministro da Agricultura, Wagner Rossi, será ouvido na Câmara, agenda que estava marcada desde a semana passada. No final desta semana, porém, surgiram fatos novos, inclusive com o pedido de demissão do secretário-executivo do ministério, Milton Ortolan, um dos alvos das denúncias. Movimentando-se à sombra, o PMDB tenta se blindar para que não seja alvejado. Ao que parece, a presidente poderá fechar os olhos e nada fazer em relação ao novo escândalo, não tão consistente quando o do Ministério dos Transportes.


Acontece que o PR, que perdeu o seu feudo permeado pela corrupção, quer que o Palácio do Planalto haja com o PMDB usando o mesmo tratamento recebido pela legenda. Dois pesos duas medidas? Esta é a dúvida da presidente. Por ora, o PMDB não dá sinais de reações possíveis, mas se mantém em alerta e está disposto a agir quando lhe parecer mais apropriado.


O problema de Dilma Rousseff se torna maior porque ela está diante além desses problemas internos, da avassaladora (pelo menos por enquanto) crise econômica mundial, a partir da queda de classificação da credibilidade dos Estados Unidos. A principal potência econômica mundial dá sinais de que balança e, com ela, o mundo, Brasil inclusive. Há, no entanto, uma expectativa positiva para o País, porque os problemas daqui não são os mesmos das principais potências, e o principal deles, a inflação, pode ser beneficiado na medida em que as exigências de demanda em relação ao Brasil tendam a cair, porque haverá (supostamente) uma queda de crescimento do PIB dos principais países. Talvez o Brasil seja uma das poucas opções para investimentos internacionais depois do pânico e tensão que se observam no mercado de capitais.


Assim posto, a presidente está com dois flancos a descoberto: a crise econômica mundial e a crise política interna, resultado da gatunagem ampla, geral e irrestrita.


*****************************
DUAS SUCESSÕES -I


O comunicador Mário Kertész é candidato já declarado à Prefeitura de Salvador. Só não o será se os partidos oposicionistas não se entenderem, de modo a formar uma corrente que o transforme em candidato único. Foi o que disse e o que o chefe do PMDB baiano, Geddel Vieira Lima, que começou o movimento pró-Kertész, tem repetido sempre que pode. Os partidos oposicionistas, especialmente o dois mais importantes que completam a trilogia com o PMDB, o DEM e o PSDB estão de acordo. Mas, até agora, falam em união oposicionista, sem declarar, porém, o nome do comunicador, a não ser destacando sua competência e experiência.


Na verdade, ainda é cedo. As legendas ainda têm os meses de agosto e setembro, para se definirem em outubro. Ou, até, espichar mais ainda o calendário para o próximo ano. O comunicador está a falar em “céu de brigadeiro e mar de almirante” por onde trafega o governador Jaques Wagner em velocidade de cruzeiro, comandando o seu amplo agrupamento político-partidário sem o menor percalço. Até aqui.


*****************************
DUAS SUCESSÕES -II


Para o governador, tal situação lhe permite tamanha tranqüilidade que não tem por que se movimentar ainda. Sua postura é de observador sobre o que se passa no front dos seus adversários, na expectativa de que a união não se faça. Assim não ficará por muito tempo. A oposição ganha espaços na mídia e visibilidade que lhe permite falar não somente sobre a gestão municipal, o objetivo de 2012, como se adiantar para estabelecer críticas à administração estadual, de modo a firmar um discurso que poderá ser utilizado mais adiante, em 2014, além de aluir o poderio governamental.


Portanto, a movimentação sobre a sucessão municipal está abrindo espaços além 2012 e se houver a unidade oposicionista, com uma voz a mais: a de Kertész. O que vale dizer que há grandes possibilidades de que a sucessão estadual surja já na sucessão municipal pelo simples fato de que para deslocar o candidato governista, valerá, também, discutir o que se passa no governo. Em outras palavras, serão dois alvos.

(Samuel Celestino, do Bahia notícias)

Amor, estranho amor

Na posse, ontem, a presidenta Dilma abraçou o novo ministro da Defesa, mas beijou apenas o senador José Sarney. Nem olhou para o vice, Michel Temer, ou para o presidente da Câmara, Marco Maia.

Ele manda bemDomingo, o presidente da Câmara, deputado Marco Maia (PT-RS), atraiu olhares de incontida admiração, enquanto jantava no restaurante Amadeus, nos elegante bairro dos Jardins, em São Paulo. Não por ele, mas pela companhia: uma jovem loura, exuberantemente bela.

do site de claudio humberto


Macaco simão, do UOL

Natalie! I Love Periguetis!




--------------------------------------------------------------------------------
A Natalie devia virar ministra. É isso que tá faltando no Periquitério da Dilma: uma perigueti
--------------------------------------------------------------------------------


BUEMBA! BUEMBA! Macaco Simão Urgente! O esculhambador-geral da República! Direto do País da Piada Pronta: "Ex-detentos erguerão o estádio do Corinthians, o Itaquerão". Tão dizendo que é o Mutirão da Casa Própria! Rarará!
"Aniversariante da semana, Zagallo garante: sexo aos 80 anos é normal." E sabe o que ele anunciou na festa do aniversário? A próxima rodada de Viagra é por minha conta. Rarará! E esta: "Presa professora acusada de fazer sexo com estudante de 16 anos". Como é o nome dela? TARA! Tara Driscoll!
E a crise americana? A CRAISE! O Buraco Obama! A crise tá tão grande que: na compra de uma passagem da American Airlines, ganhe greencard para toda a família! Rarará! E mais: "Comerciantes da 25 querem comprar Miami!". E outra: "Galeria Pajé abre filial em Nova York!". E o índice Dow Jones mudou de nome pra DOWN JONES!
E "Insensato Coração"? Eu concordo com a Dilma: a melhor da novela é a Natalie! Eu amo a Natalie! Eu amo periguetis. A Globo devia lançar a camiseta I Love Periguetis! E um leitor me disse que queria ver a Deborah Secco molhadinha! A Deborah Secco foi a inventora das periguetis, ops, da minissaia perigueti. Aquela miniminissaia que bate no umbigo. Vulgarmente chamada de abajur de perereca! Rarará!
E eu disse uma vez que a Deborah Secco trabalha mal até em foto. Mas agora ela surpreendeu. A Natalie surpreendeu o Brasil. Ela tá dando um show de interpretação. Podia ser um show de interTREPAÇÃO! Rarará! Ela devia virar ministra da Dilma. É isso que tá faltando no Periquitério da Dilma: uma perigueti. Natalie Lamour pro Ministério das Periguetis! E a manchete do Piauí Herald: "Dilma demite Cortez de 'Insensato Coração'". Rarará!
E olha essa placa que recebi por e-mail: "Demite-se pedra e muro etc!". Deve ser a placa em frente à casa da Dilma. Rarará!
E mais uma da série Os Predestinados! Direto de Portugal: dono de uma empresa de preservativos: Pedro ALEGRIA! E um português cortou a ponta da camisinha pra não gastar. Rarará! E diz que um português entrou na farmácia e gritou: "Me dá uma camisinha que hoje vou dar uma tremenda bimbada". E o farmacêutico: "Português! Cuidado com a língua!". "Então me dá duas!" Rarará! Viva o Pedro Alegria!
Nóis sofre, mas nóis goza.
Que eu vou pingar o meu colírio alucinógeno!

simao@uol.com.br

@ jose_simao


Folha de S. Paulo, 09 de agosto de 2011

Lobista da Agricultura já esteve preso por tráfico de drogas

O lobista Júlio César Fróes Fialho, denunciado pela revista Veja por tráfico de influência no Ministério da Agricultura, cumpriu três anos de cadeia no Ceará e Minas acusado de outro tipo de tráfico, o de drogas. Ele foi preso pela Polícia Federal em 1992 no aeroporto de Fortaleza, chegando de Rio Branco (AC), com meio quilo de cocaína na mala. Era “marqueteiro político” e se apresentava apenas como “César Fialho”.

Figura manjadaFigura muito conhecida em Fortaleza, “César Fialho” foi manchete no jornal O Povo, à época, por sua prisão como traficante.

MarqueteiroJulio Fróes diz ter sido “marqueteiro” de Vicente Fialho, candidato a deputado federal, e de Ricardo Prado (estadual), no Ceará.

Barra pesadaPelo jeito, Julio Fróes aprendeu a brigar na prisão. Foi ele quem agrediu o repórter Rodrigo Rangel, de Veja, que o denunciou.

TourMineiro, Julio Fróes não gostava da cela lotada de Fortaleza e por isso obteve transferência para a cadeia de Contagem (MG).

do site de claudio humberto.

quarta-feira, 3 de agosto de 2011

JOÃO DURVAL RETIRA ASSINATURA DA CPI DA CORRUPÇÃO

João Durval assinou criação de CPI da Corrupção e recuou após pressão do Planalto

O senador João Durval Carneiro (PDT-BA) recuou e retirou a sua assinatura, na noite desta terça-feira (2), do requerimento de criação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para apurar os indícios de corrupção no governo federal. O baiano seguiu a orientação do Palácio do Planalto de tentar evitar o desgaste político no Congresso quanto à crise instalada, após os escândalos nos ministérios dos Transportes, Cidades e Agricultura. Na retomada dos trabalhos, após o recesso legislativo, os senadores de oposição conseguiram reunir as 27 assinaturas necessárias para instalar uma CPI que tinha como foco principal desvendar os detalhes dos esquemas de propina no Dnit. Agora, sem a rubrica de Durval, sobram 26 assinaturas, número insuficiente para que as investigações sejam iniciadas.

Comentário do blog: Que triste fim de carreira política. Uma lástima...

segunda-feira, 1 de agosto de 2011

É Fe$ta

Apenas em 2009, os abonados brasileiros enviaram US$18,3 bilhões para as Ilhas Cayman, US$13,3 bilhões para as Ilhas Virgens Britânicas, US$10,2 bilhões para as Bahamas e US$4,3 bilhões para Luxemburgo.

do site de claudio humberto.

É Fe$ta

Apenas em 2009, os abonados brasileiros enviaram US$18,3 bilhões para as Ilhas Cayman, US$13,3 bilhões para as Ilhas Virgens Britânicas, US$10,2 bilhões para as Bahamas e US$4,3 bilhões para Luxemburgo.

do site de claudio humberto.

O PASSADO E O FUTURO DO PT - LÚCIA HIPPOLITO - O SILÊNCIO DOS BONS...

Uma aula de história!
O futuro do PT (Lucia Hippolito)

O PT nasceu de cesariana, há 29 anos. O pai foi o movimento sindical, e a mãe, a Igreja Católica, através das Comunidades Eclesiais de Base.

Os orgulhosos padrinhos foram, primeiro, o general Golbery do Couto e Silva, que viu dar certo seu projeto de dividir a oposição brasileira.

Da árvore frondosa do MDB nasceram o PMDB, o PDT, o PTB e o PT... Foi um dos únicos projetos bem-sucedidos do desastrado estrategista que foi o general Golbery.

Outros orgulhosos padrinhos foram os intelectuais, basicamente paulistas e cariocas, felizes de poder participar do crescimento e um partido puro, nascido na mais nobre das classes sociais, segundo eles: o proletariado.

O PT cresceu como criança mimada, manhosa, voluntariosa e birrenta. Não gostava do capitalismo, preferia o socialismo. Era revolucionário. Dizia que não queria chegar ao poder, mas denunciar os erros das elites brasileiras.

O PT lançava e elegia candidatos, mas não "dançava conforme a música". Não fazia acordos, não participava de coalizões, não gostava de alianças. Era uma gente pura, ética, que não se misturava com picaretas.

O PT entrou na juventude como muitos outros jovens: mimado, chato e brigando com o mundo adulto.

Mas nos estados, o partido começava a ganhar prefeituras e governos, fruto de alianças, conversas e conchavos. E assim os petistas passaram a se relacionar com empresários, empreiteiros, banqueiros.

Tudo muito chique, conforme o figurino.

E em 2002 o PT ingressou finalmente na maioridade. Ganhou a presidência da República. Para isso, teve que se livrar de antigos companheiros, amizades problemáticas. Teve que abrir mão de convicções, amigos de fé, irmãos camaradas.

A primeira desilusão se deu entre intelectuais. Gente da mais alta estirpe, como Francisco de Oliveira, Leandro Konder e Carlos Nelson Coutinho se afastou do partido, seguida de um grupo liderado por Plinio de Arruda Sampaio Junior.

Em seguida, foi a vez da esquerda. A expulsão de Heloisa Helena em 2004 levou junto Luciana Genro e Chico Alencar, entre outros, que fundaram o PSOL.

Os militantes ligados a Igreja Católica também começaram a se afastar, primeiro aqueles ligados ao deputado Chico Alencar, em seguida, Frei Betto.

E agora, bem mais recentemente, o senador Flávio Arns, de fortíssimas ligações familiares com a Igreja Católica.

Os ambientalistas, por sua vez, começam a se retirar a partir do desligamento da senadora Marina Silva do partido.

Afinal, quem do grupo fundador ficará no PT? Os sindicalistas.

Por isso é que se diz que o PT está cada vez mais parecido com o velho PTB de antes de 64.

Controlado pelos pelegos, todos aboletados nos ministérios, nas diretorias e nos conselhos das estatais, sempre nas proximidades do presidente da República.

Recebendo polpudos salários, mantendo relações delicadas com o empresariado. Cavando benefícios para os seus. Aliando-se ao coronelismo mais arcaico, o novo PT não vai desaparecer, porque está fortemente enraizado na administração pública dos estados e municípios. Além do governo federal, naturalmente. É o triunfo da pelegada.

Lucia Hippolito

Bakunin
Assim, sob qualquer ângulo que se esteja situado para considerar esta questão, chega-se ao mesmo resultado execrável: o governo da imensa maioria das massas populares se faz por uma minoria privilegiada. Essa minoria, porém, dizem os marxistas, compor-se-á de operários. Sim, com certeza, de antigos operários, mas que, tão logo se tornem governantes ou representantes do povo, cessarão de ser operários e pôr-se-ão a observar o mundo proletário de cima do Estado; não mais representarão o povo, mas a si mesmos e suas pretensões de governá-lo. Quem duvida disso não conhece a natureza humana?.


O PERIGO É O SILÊNCIO
Eu pediria a todos que receberem esse e-mail o favor de ler o texto por inteiro, com calma e atenção e, se puder e entender que seja pertinente, perder um outro tempinho, para reenviá-lo a todos da sua lista.


Diamantina, Interior de Minas Gerais, 1914

O jovem 'Juscelino Kubitschek', de 12 anos, ganha seu primeiro par de sapatos.
Passou fome. Jurou estudar e ser alguém. Com inúmeras dificuldades, concluiu o curso de Medicina e se especializou em Paris.
Como Presidente , modernizou o Brasil.. Legou um rol impressionante de obras e; humilde e obstinado, era (E AINDA É) querido por todos.
Brasília, 2003

Lula assume a presidência. Arrogante, se vangloria de não haver estudado.
Acha bobagem falar inglês.. 'Tenho diploma da vida', afirma..
E para ele basta.
Meses depois, diz que 'ler é um hábito chato'.
Quando era 'sindicalista', percebeu que poderia ganhar sem estudar e sem trabalhar - sua meta até hoje.

************** ***************** ***************
Londres, 1940

Os bombardeios são diários, e uma invasão aeronaval nazista é iminente.
O primeiro-ministro W. Churchill pede ao rei George VI que vá para o Canadá.
Tranquilo, o rei avisa que não vai.
Churchill insiste: então que, ao menos, vá a rainha com as filhas. Elas não aceitam e a filha entra no exército britânico; como 'Tenente-Enfermeira', e, sua função é atender feridos nos bombardeios.
Hoje ela é a Rainha Elizabeth II.

Brasília, 2005

A primeira-dama (? que nada faz para justificar o título) Marisa Letícia, requer 'cidadania italiana' -e consegue.
Explica, candidamente, que quer 'um futuro melhor para seus filhos'.
E O FUTURO DOS NOSSOS FILHOS, CIDADÃOS E TRABALHADORES BRASILEIROS?


************** ***************** ***************

Washington, 1974

A imprensa americana descobre que o presidente Richard Nixon está envolvido até o pescoço no caso Watergate. Ele nega, mas jornais e Congresso o encostam contra a parede, e ele acaba confessando. Renuncia nesse mesmo ano, pedindo desculpas ao povo.

Brasília, 2005

Flagrado no maior escândalo de corrupção da história do País, e tentando disfarçar o desvio de dinheiro público em caixa 2, Lula é instado a se explicar. Ante as muitas provas, Lula repete o 'eu não sabia de nada', e ainda acusa a imprensa de persegui-lo.
Disse que foi 'traído', mas não conta por quem.

************** ***************** ***************

Londres, 2001

O filho mais velho do primeiro-ministro Tony Blair é detido, embriagado, pela polícia. Sem saber quem ele é, avisam que vão ligar para seu pai buscá-lo. Com medo de envolver o pai num escândalo, o adolescente dá um nome falso. A polícia descobre e chama Blair, 'que vai sozinho à delegacia buscar o filho'. Pediu desculpas ao povo pelos erros do filho.

Brasília, 2005

O filho mais velho de Lula é descoberto recebendo R$ 5 milhões de uma empresa, financiada com dinheiro público. Alega que recebeu a fortuna vendendo sua empresa, de fundo de quintal, que não valia nem um décimo disso. O pai, raivoso, o defende e diz que não admite que envolvam seu 'filhinho nessa sujeira'? ? ?

************** ***************** ***************

Nova Délhi, 2003

O primeiro-ministro indiano pretende comprar um avião novo para suas viagens.
Adquire um excelente, brasileiríssimo 'EMB-195' , da 'Embraer' , por US$ 10 milhões.

Brasília, 2003

Lula quer um avião novo para a presidência. Fabricado no Brasil não serve.
Quer um dos caros, de um consórcio franco-alemão.
Gasta US$ 57 milhões e, AINDA, manda decorar a aeronave de luxo nos EUA.

E você, já decidiu o que vai fazer nos próximos minutos ???
Vamos repassar esse e-mail para a maioria dos nossos contatos !!!
Vamos dar ao BRASIL uma nova chance ??? Ele precisa voltar para o caminho da dignidade.
Nós não merecemos o desgoverno que se instalou em nosso País e temos a OBRIGAÇÃO de acordar e lutar antes que seja tarde.


"O que mais preocupa não é o grito dos violentos, nem dos corruptos, nem dos desonestos, nem dos sem ética. O que mais preocupa é o silêncio dos bons."
Martin Luther King
.
"Você nunca sabe que resultados virão da sua ação.Mas se você não fizer nada, não existirão resultados."
(Mahatma Gandhi)

E-mail divulgado na internet.

Sandy! A Devassa fez efeito!

Macaco Simão, do UOL

E agora, se a sua mulher regular, você já pode gritar: "Você é mais careta que a Sandy!". Rarará!


Buemba! Buemba! Macaco Simão Urgente! O esculhambador-geral da República! Direto do País da Piada Pronta! Novo diretor do Dnit: Miguel MASELLA! Transportes, o Ministério dos Predestinados: Pagot, Fatureto, Varejão, Passos e Masella! Rarará!
E o novo slogan do Obama, que vai dar o calote: "Yes, we cano". Rarará! E terremoto do dia: a declaração da Sandy na "Playboy": "É possível ter prazer anal". Devassa! Anal Toddynho! Efeito devassa. A cerveja bateu agora.
E corre na internet o novo slogan da Devassa: "Devassa, a cerveja pra quem dá o redondo". A Skol desce redondo e a Devassa é pra quem dá o redondo! E agora, se a sua mulher regular, você já pode gritar: "Você é mais careta que a Sandy!". Rarará!
E a "Playboy" tem fotos da Galisteu e entrevista da Sandy. Mas o anal da Sandy derrubou o frontal da Galisteu. O fiofó da Sandy derrubou a periquita da Galisteu! E a "Playboy" da Sandy devia se chamar Playground! Playboy de travecas é a Playbolas. Playboy da Hebe é a Playlanca. E a Playboy da Sandy é o Playcenter.
E a trajetória da Sandy: no Carnaval ela tomou cerveja, nas férias de julho ela falou sobre prazer anal e no Natal? Até o Natal, a peruzada que se cuide. Rarará! E vai ser tudo na Disney.
E eu adoro a Sandy porque ela faz comercial da Devassa e fala sobre prazer anal com aquela mesma carinha de garota propaganda da Fanta Uva! E os sites de humor? Manchete do Piauí Herald: "Schin escala Sandy para nova campanha EXPERIMENTA!". Prazer anal! Experimenta! Experimenta! E o Sensacionalista: "Sandy deixa a Devassa e é contratada pela Caracu". E Cocotaseco postou uma foto bem singela da Sandy e escreveu embaixo: "Esta é uma singela homenagem ao furico mais comentado do Brasil". Rarará! Ô esculhambação!
O Brasil é assim: quando você acha que não tá acontecendo nada, vem a Sandy com essa analógica declaração! E como disse um amigo meu: se tomando cerveja ela já sai falando isso, imagine se tomasse a marvada! Rarará!
E eu tenho que dar um erramos: a CBF não é uma dinastia, é capitania hereditária. Rarará! E gostei muito da manchete da TV Vale Tudo sobre a viagem da Dilma ao Peru: Dilma pisa no Peru! Rarará! Nóis sofre, mas nóis goza!
Que eu vou pingar o meu colírio alucinógeno!

simao@uol.com.br

@jose_simao

Folha de S. Paulo, 30 de julho de 2011

Amigos, avisem a todos. Isso é muito importante. Grande abraço!

Alô Alô: Baiano é uma das 100 personalidades mais influentes do agronegócio

O empresário e publicitário baiano Marco Lessa foi eleito, pela segunda vez, uma das 100 personalidades mais influentes do agronegócio no Br...