quarta-feira, 8 de maio de 2013

LinkedIn completa dez anos

Do Meio e Mensagem

Rede social dirigida a contatos profissionais comemora uma década de vida com 225 milhões de usuários e 26 escritórios mundo afora

   
Festa de dez anos do LinkedIn, em sua sede na Califórnia
+ Festa de dez anos do LinkedIn, em sua sede na Califórnia Crédito: Divulgação
Conhecida como a “rede social corporativa”, o LinkedIn completa esta semana dez anos de vida. A data é celebrada junto à marca de 225 milhões de usuários.
Apesar de ser alguns anos mais nova que o Google – criado em 1998 –, o LinkedIn pode ser considerado um decano das redes sociais. É anterior ao Facebook (2004), ao Orkut (2004), ao YouTube (2005), ao Twitter (2006) e contemporânea de redes cambaleantes, como o Friendster e o MySpace.
O site só foi ao ar em maio de 2003, mas a startup foi fundada seis meses antes por Reid Hoffman, ex-executivo do PayPal. Seu diferencial foi oferecer uma organização de perfis e conteúdos voltada ao mercado de trabalho – uma rede que une contatos profissionais e destaca o currículo e o expertise de seus círculos. Também favoreceu o fato de o LinkedIn ter criado modelos de negócios desde seus primeiros meses, ao contrário de muitos concorrentes. Além de anúncios, há assinaturas de classificados de emprego e contas premium.
A empresa começou a dar lucro em 2006. Em 2012, faturou US$ 972,3 milhões, aumento de 86,2% em relação ao ano retrasado. Hoje fatura aproximadamente US$ 300 milhões por trimestre. Nesse ritmo, a receita deste ano deve superar a do ano passado já em setembro.
O LinkedIn começou a operar internacionalmente em 2008, quando abriu seu escritório em Londres e lançou seu serviço em espanhol e francês. Em 2010 lançou em português e em novembro do ano seguinte, abriu seu primeiro escritório latino-americano, em São Paulo. Também em 2011 fez sua oferta pública de ações e tornou-se uma SA. Hoje possui 3,7 mil funcionários e 26 escritórios em todo o mundo. 


Leia Mais: http://www.meioemensagem.com.br/home/midia/noticias/2013/05/07/LinkedIn-completa-dez-anos.html#ixzz2ShfiB8Pw
Follow us: @meioemensagem on Twitter | Meioemensagem on Facebook

Brasileiro é o que mais consome TV e internet simultaneamente

Segundo pesquisa, hábito é compartilhado por 64% dos usuários de ambas as mídias
por propmark

 
Os brasileiros são os que mais assistem TV e navegam na internet ao mesmo tempo, aponta uma pesquisa da Ipsos realizada nos Estados Unidos, na Espanha e em países latino-americanos. De acordo com o levantamento, 64% dos entrevistados do país afirmaram que realizam o chamado consumo simultâneo. A média dos outros países ficou em 60%.
Entre brasileiros que disseram consumir as duas mídias simultaneamente, 49% disse dar mais atenção à internet, enquanto apenas 7% disse se concentrar mais na TV. Os outros 44% disseram conseguir dividir o foco entre os dois meios igualmente.
Apesar de apresentar o maior índice, o Brasil é o país com menor acesso à internet via smartphone durante o consumo de TV, com apenas 3%. No Chile, esse número chega a 16%. Se considerada a plataforma tablet, a maior taxa de uso fica com Estados Unidos e Espanha, com 6%.
 
do propmark

Audiência da web cresce 23% nos últimos dois anos

Norte e Nordeste são as regiões com maiores taxas de aumento
por propmark


O volume de acessos a sites de conteúdo informativo cresceu 23% entre janeiro de 2011 e dezembro de 2012, aponta um estudo conduzido pelo IVC (Instituto Verificador de Circulação). A pesquisa verifica o tráfego de 75 sites e inclui páginas vinculadas a grandes veículos da mídia nacional. O Nordeste foi a região que apresentou maior crescimento, com 69%, seguido da região Norte, com 41%. No Centro-Oeste, o aumento foi de 32%, enquanto no Sudeste o tráfego teve alta de 27%. A região Sul registrou a menor taxa: 9%.
O estudo destaca também o aumento dos acessos via plataformas móveis. A participação desses dispositivos passou de 0,6% para 7% do total. Aparelhos com sistema Android superam o de sistema iOS na categoria de smartphones, mas o iPad é líder absoluto se considerados tablets. Ainda sobre mobile, foi verificado que os usuários de smartphones chegam aos sites de notícias mais por links disponibilizados nas redes sociais do que por meio de buscadores. Já nos computadores pessoais, os sites de busca são a principal ferramenta para chegar à página desejada.
Segundo o presidente executivo do IVC, Pedro Martins Silva, a análise é bastante importante para o mercado por englobar uma parcela significativa dos sites que comercializam display advertising. “Além disso, o estudo assume papel relevante na identificação de tendências e mudanças no ambiente digital, com o advento de novos dispositivos, velocidades crescentes de acesso á internet e novas tecnologias”, diz.

do propmark

Azevedo faz
História e conquista
direção da OMC

A vitória do embaixador Roberto Azevedo, na direção-geral da OMC, a Organização Mundial do Comércio, faz dele o brasileiro a conquistar o cargo mais importante em organismos internacionais na História. Dilma engajou o governo e ainda se empenhou, pedindo votos em conversas bilaterais, telefonemas e por escrito. A campanha foi coordenada por um craque, o embaixador Ruy Pereira, e contou com o arrebatamento de um time campeão: os embaixadores do Brasil mundo afora.


 

Emoção

Paulo Tarso Flecha de Lima, um dos maiores diplomatas do nosso tempo, embargou a voz ao felicitar Azevedo: “É uma vitória histórica!”.

 

Casal vitorioso

Lula também ligou para Azevedo, destacando o papel, na vitória, de sua mulher Maria Nazareth Farani Azevedo, embaixadora na ONU.

 

Meio campo

A vitória na OMC fez Roberto Azevedo esquecer, mas só por instantes, a derrota do seu Fluminense para o glorioso Botafogo, domingo.

Tão longe

É carregada de significado a distância do ministro Antonio Patriota, que se manteve em Brasília, da eleição na OMC, em Genebra: 8.800 km.
          Do site de Cláudio Humberto.

Boca livre cultural

“O Conselheiro come“ é o título de uma crônica antológica de João Ubaldo Ribeiro sobre um escritor que não consegue trabalhar para atender os pedidos de entrevistas, depoimentos, prefácios, teses de mestrado e avaliações de textos, que lhe consomem muito tempo e esforço sem lhe render um tostão ou qualquer benefício. O título é uma citação da esposa do Conselheiro Ruy Barbosa, tentando explicar aos solicitantes que o marido precisava ganhar algum dinheiro com seu trabalho para pagar suas contas. Assim como o Conselheiro e João Ubaldo, no Brasil, muitos profissionais bem sucedidos de diversas categorias são assediados por amigos, conhecidos ou estranhos para trabalhar para eles, de graça por supuesto. Alguns são pressionados a ouvir discos e a ler livros, crônicas, peças de teatro, teses de mestrado, e pior que tudo, poemas, que não gostariam de ler nem muito bem pagos. Os verdadeiros amigos entendem eventuais recusas, os profissionais compreendem os motivos, mas muitos não tem noção, esperam que você pare tudo que está fazendo para ajudá-los no trabalho de conclusão de curso. De tanto atender pedidos para depoimentos em vários documentários, de Paulo Francis à Bossa Nova, de Wilson Simonal aos Mutantes, de Raul Seixas a Cartola, dos Dzi Croquettes a Tim Maia, acabei merecendo uma gozação do critico de cinema André Miranda como “o ator de documentários em maior atividade no momento.” Achei muito engraçado e oportuno, porque passou a me servir de álibi infalível para recusar novos depoimentos sobre os mais diversos temas: “Não dá, já fiz tantos que estou ficando ridículo como “ator de documentários”, vou queimar o teu filme, tenta o João Ubaldo.” Valeu, André. O pior é o tempo perdido, que poderia ser gasto descansando, trabalhando ou se divertindo com sua família e seus amigos, dado de graça para um estranho. E os jornalistas que pedem para escrever um depoimento sobre João Gilberto ? Ou uma lista dos 100 maiores discos da MPB, comentados. Querem que você faça o trabalho deles. E nem imaginam o tempo e o esforço que me custam para escrever uma pequena crônica como esta.
Nelson Motta, do Sintonia Fina

quinta-feira, 2 de maio de 2013

Avião escapou de colisão com óvni na Escócia, diz relatório britânico

Avião escapou de colisão com óvni na Escócia, diz relatório britânico
Um relatório divulgado pela Grã-Bretanha aponta que um avião de passageiros quase colidiu no ar com um misterioso objeto voador não identificado (óvni) quando se preparava para pousar no aeroporto internacional de Glasgow, na Escócia. O episódio, segundo o documento preparado pela organização britânica que avalia segurança aérea e investiga casos de quase colisão no país, aconteceu em 2 de dezembro de 2012. A aeronave já estava com luzes de pouso acesas, em condições meteorológicas boas, quando o piloto viu um objeto "emergir" à frente. O suposto óvni passou a pouco mais de 90 metros de distância do avião, antes que a tripulação tivesse tempo de tomar medidas preventivas ou "realmente registrar" o que seria. O piloto afirmou que o risco de colisão foi "alto". Tanto os tripulantes quanto o piloto concordam que o objeto que estava à frente do avião parecia ser amarelo e azul e ter uma pequena área frontal, mas era "maior que um balão". Logo depois da ocorrência foi feita uma busca na região, mas sem resultados. Os controladores de tráfego aéreo informaram que não obtiveram vestígios de outros objetos na área do incidente. Informações da BBC Brasil. (Do Bahia Notícias)
Biografia de J.R.R. Tolkien chega ao Brasil em maio
da Livraria da Folha

Escrita por Michael White, "J.R.R. Tolkien: O Senhor da Fantasia" chega ao Brasil em maio, com entrega prevista para o mês de junho. White é biógrafo de personalidades como Stephen Hawking, Giordano Bruno, Leonardo da Vinci, Galileu e Maquiavel. A edição está em pré-venda na Livraria da Folha.

John Ronald Reuel Tolkien (1892-1973) nasceu em 3 de janeiro, na África do Sul. Embora fosse inglesa, sua família estava no país para dar vazão ao desejo do pai do autor de fazer carreira como bancário. O escritor foi levado para Inglaterra, na cidade de Birmingham, ainda aos três anos e é considerado um cidadão inglês.

Divulgação
Biografia acompanha a vida e a trajetória do autor de "Senhor dos Anéis"
Biografia acompanha a trajetória do autor de "O Senhor dos Anéis"

Com a morte de seus pais, Tolkien foi criado, desde os 12 anos, por um padre. O fato explica o motivo de ele ter sido um católico fervoroso, característica que se reflete em parte de sua obra. A presença do educador religioso, assim como a Primeira Guerra Mundial (1914-1918), atrasariam por alguns anos o início do romance do artista com Edith Mary Bratt, uma relação que duraria por toda sua vida.

Em seus estudos, o professor se dedicou à linguística e às histórias fantásticas. Na literatura, desenvolveu um mundo complexo com povos, raças, história, mitologia e línguas próprias. Muitas dessas aventuras sintetizavam vivências do próprio autor, principalmente durante sua infância e juventude, quando enfrentou forças contrárias ao seu relacionamento.

"O Hobbit", escrito por J. R. R. Tolkien, foi publicado originalmente em 1937. A aventura antecede a saga contada em "O Senhor dos Anéis". Planejado como um conto infantil, a história deu origem a um mundo fantástico que inspirou autores, músicos, roteiristas, diretores e jogadores de RPG. Nesta aventura, personagens conhecidos na "Trilogia do Anel" aparecem pela primeira vez.

Dirigido por Peter Jackson, também responsável por "O Senhor dos Anéis", a primeira parte de "O Hobbit" chegou aos cinemas em 2012.

da Folha de São Paulo

Ministra imita
Dilma e vira temida
gestora do PAC

Áspera com subordinados, a ministra Mirian Belchior (Planejamento), gestora do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), faz a amiga Dilma parecer uma lady. Assessores têm até medo físico dela, com seu porte de segurança de autoridade. Não poupa ninguém dos seus esculachos. Como ministra dos Transportes de fato, um dos alvos prediletos das broncas é o general Jorge Fraxe, diretor-geral do DNIT.

Quem dá ordens

O general Fraxe, claro, faz a maior pose de milico exigente diante de assessores, mas Mirian Belchior o enquadra com suas broncas.
 

Nem no quartel

“Em toda a carreira na caserna, o general Fraxe certamente não  ouviu de superiores tantos gritos”, relata um espantado diretor da autarquia.
         do site de Cláudio Humberto

A ‘netinha’ de ACM

Foto
ACM e José Serra nunca se bicaram, mas o relacionamento azedou de vez quando o velho senador passou mal e se internou para exames, em São Paulo. O médico Bernardino Tranquesi, amigo de Serra, convenceu-o a visitar ACM. “Você é ministro da Saúde e São Paulo o seu Estado”. Serra foi. Ao entrar no quarto de ACM, apresentou-se à jovem que abriu a porta e perguntou:
- Olá, você é a netinha do senador?
Ela apenas sorriu e, voltando-se para ACM, entregou, divertida:
- Ele perguntou se eu sou sua netinha...
Serra gelou e ACM fechou a cara: era a advogada baiana Adriana Barreto. Ela e o senador depois romperiam relações ruidosamente.

do site de Cláudio Humberto.

Alô Alô: Baiano é uma das 100 personalidades mais influentes do agronegócio

O empresário e publicitário baiano Marco Lessa foi eleito, pela segunda vez, uma das 100 personalidades mais influentes do agronegócio no Br...